Tudo Sobre Óleo de Canola

Bonzinho ou vilão ?

  • Publicado em 06/04/2016

Adicionar no seu Flipboard

TUDO QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE ÓLEO DE CANALA

1. Quais são os benefícios do óleo de canola?
Não se pode exaltar os benefícios do óleo de Canola quando se pensa em uma alimentação saudável , pois esse óleo é derivado de uma planta transgênica Canadense chamada Colza., onde foi extraído uma fração de ácido erúcico, que é altamente tóxico e possui efeito acumulativo de forma negativa no organismo humano A Colza é uma planta semelhante a mostarda onde se aproveita o óleo extraído de suas sementes , um grão cujo governo canadense subsidia a maior parte dos custos , plantio e colheita, é um vegetal barato, fácil de crescer e resistente a insetos, dessa forma o óleo de canola torna-se mais barato e mais fácil em ser utilizados em alimentos processados, se comparado com óleos mais saudáveis e prensados a frio como no caso do azeite de oliva.
A Canola é uma sigla ,a palavra vem de CANadian Oil Low Acid - CAN.O.L.A.

2. Para quais finalidades ele é indicado?
Estudos confirmam que antigamente o óleo era utilizado no setor industrial utilizado na fabricação de inseticidas, biocombustíveis, tintas, lubrificantes, velas e cosméticos. Dentre os argumentos que são utilizados para convencer do seu consumo, podemos destacar a promessa de ômega-3, ácidos graxos, além de baixa quantidade de gorduras saturadas, mas é importante repensar esse benefício já que possuem uma quantidade de acido erúcico

3. A quem ele é indicado
O óleo de canola é um produto geneticamente modificado, e é reconhecido como um alimento processado, pois passa por um processo de hidrogenação, o que já evidencia que não pode ser tão positivo assim, para a saúde de todo o organismo.


4. Qual é a porção recomendada por dia?
Não , há recomendação e nem indicações ,para o seu consumo pois , o “ óleo de canola” , produz propriedades inflamatórias, que fazem grandes estragos em nosso organismo, contribuindo para doenças cardíaca, aumento de peso e outras doenças degenerativas, o Melhor seria substitui-lo por outros tipos de óleos

5. Ele é o melhor dos óleos? Por que?
O óleo de Canola não é a melhor opção , ele é composto do ácido erúcico , mesmo que após o processo transgênico a fim de reduzir o teor deste ácido ainda mantem uma porcentagem contribuindo de forma negativa e acumulativo em nosso organismo
Óleo de coco é um alimento funcional importantíssimo classificado em triglicerídeos de cadeia média, sendo utilizado em nosso organismo, como fonte de energia, portanto não é armazenado na forma de gordura , auxiliando no emagrecimento por ser termogênico ( acelera o metabolismo ), proporciona suporte ao sistema imune e a saúde cardiovascular . Pode ser utilizado a todas as temperaturas de cozimento devido sua altíssima estabilidade ao calor, .
Azeite de Oliva extra virgem , Ele é uma excelente fonte em gorduras, principalmente ácidos graxos monoinsaturados, comumente conhecido como MUFA, o azeite de oliva também contém polifenóis, ômega-3 e triglicérides ésteres,
• Ajudam na redução do colesterol ruim (LDL) no corpo, reduzindo assim o bloqueio de artérias
• Ele também ajuda na redução da coagulação do sangue.
• O Azeite de Oliva é também uma boa fonte de antioxidantes como fenóis e Vitamina E que por sua vez ajudam a manter o coração forte e funcionando corretamente. utilizado a baixas temperaturas para não perder suas propriedades anti inflamatorias.
Incluí-lo na sua alimentação em quantidades moderadas e em conjunto com uma dieta equilibrada e adequada às suas necessidades e objetivos pode melhorar sua saúde como um todo
o azeite deve ser utilizado apenas em finalizações de pratos, como para temperar a salada ou os legumes cozidos. Isto porque ao serem expostos a altas temperaturas, os ácidos graxos deste óleo iriam saturar.

 




Quer fazer uma Avaliação ou marcar uma consulta ?
Avaliação

A tecnologia da bioimpedância simplicidade e rapidez, fornecendo uma informação completa sobre a nossa condição atual e uma orientação sobre a composição corporal ideal.

Planejamento

A partir dos dados obtidos serão traçados objetivos e metas para o paciente. Será elaborado um plano nutricional e um cardápio personalizado e individual.

Suplementação

Tanto o plano alimentar quanto a suplementação será direcionada conforme as necessidades do paciente: perda de peso, ganho de massa muscular, performance, preparo físico e competições.

Quer receitas e Cardápios em seu e-mail ?